Literatura, homoerotismo e expressões homoculturais

Otras librerías

Literatura, homoerotismo e expressões homoculturais

André Luis Mitidieri, Flávio Pereira Camargo (Orgs.)

2015
Editus - Editora da UESC
Impreso:
9788574553795
301 páginas
Digital:
9788574554426

Os organizadores trazem à tona um universo homoerótico ambientado na literatura, na música e nas discussões teóricas, mostrando que, nos tempos de hoje, essas manifestações recebem outro olhar. Discutem também as antigas bases de gênero e os novos modos de interpretação de sujeitos culturais, ressaltando a dificuldade em falar de questões homoafetivas em uma sociedade ainda machista e homofóbica. Mostram o distanciamento que algumas pessoas ainda têm a respeito do homoerotismo e buscam desconstruir os estereótipos de gênero através da literatura, mostrando ao leitor que as expressões homoculturais vão além de um padrão pré-estabelecido pela sociedade e suas respectivas culturas.

André Mitidieri é Professor Titular (Pleno) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), atua no Curso de Letras e no Programa de Pós-Graduação em Letras – Linguagens e Representações, do qual é Coordenador (gestão 2017-2019). Doutorado em Letras, Teoria da Literatura, pela PUCRS, Pós-Doutorado em Estudos Literários pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Entre suas publicações mais importantes, encontram-se Intraduzível saudade e Andante sin pasaporte (poemas, 1992; 1996), Como e porque (des)ler os clássicos da biografia (2010), O Quintana que (quase) ninguém viu (2012), Literatura, imaginário, história e cultura (2013) entre otros.
Flávio Pereira Camargo é Professor Associado de Literatura Brasileira da Faculdade de Letras, da Universidade Federal de Goiás, com atuação na Graduação e no Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística. Suas pesquisas se concentram em estudos sobre a narrativa brasileira contemporânea, atuando principalmente nos seguintes temas: narrativa metaficcional, literatura e estudos de gênero (gender), literatura e homoerotismo, literatura e estudos culturais, representação e autorrepresentação de grupos marginalizados na literatura. Organizou vários livros sobre literatura brasileira contemporânea e sobre literatura e homoerotismo, além de ter inúmeros artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais.